Webmail do Servidor
Sema recebe Plano de Manejo da APA Upaon-Açu/Miritiba/Alto Preguiças

17 de outubro, 2014 - 17h18

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) anuncia a conclusão do Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental Upaon-Açu/Miritiba/Alto Preguiças. O documento é um instrumento de gestão da unidade de conservação que tem como objetivos ordenar e disciplinar o uso dos seus recursos naturais.

O plano foi entregue à secretária de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Genilde Campagnaro, por Alessandra Andreazzi Péres, sócia-diretora da Tramitty Serviços Ltda, empresa responsável pela elaboração do documento.

No encontro, também foi entregue o Relatório Final dos estudos realizados para a criação de três Unidades de Conservação no Município de Bacabeira as quais fortalecerão o Sistema Municipal de Unidades de Conservação (Smuc); a Área de Proteção Ambiental do Rancho Papouco, a Reserva Extrativista Rio Perizes e o Parque Municipal do Zau.

Para a secretária Genilde Campagnaro, a entrega desse plano representa o inicio da concretização dos projetos e trabalhos deliberados pela Câmara Estadual de Compensação Ambiental (Ceca), com recursos de compensação ambiental.

“O Plano de Manejo dá ferramentas para a gestão e uso adequado da Área de Proteção Ambiental. Sem este instrumento os recursos naturais desta APA podem ser utilizados de forma irresponsável e prejudicial às populações. Considero um grande ganho para o meio ambiente”, enfatizou Genilde Campagnaro.

A representante da Tramitty, Alessandra Andreazzi Péres, explicou que o próximo passo será realizar um encontro regional com todos os municípios para apresentação do documento e mais uma vez reforçar a importância da implementação do Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental Upaon-Açu/Miritiba/Alto Preguiças.

“Isso já foi feito antes em audiência pública, mas nós estamos querendo fazer um novo encontro com lideranças já pensando na formação do Conselho Gestor da APA, que não foi formado ainda, mas que é importante que seja. Esse é o próximo passo que precisa ser dado”, frisou.

Quanto ao relatório final para a criação das unidades de conservação de Bacabeira, Alessandra Péres, relembrou que a equipe enfrentou diversas dificuldades com relação ao município e localização de leis e documentos, mas que essas barreiras foram transpostas. “No primeiro momento eles estavam bem inseguros, mas com o tempo nós conseguimos que eles abraçassem a causa. E agora foram identificadas três áreas e já estão prontas para serem criadas como unidades de conservação municipais e precisa agora desse apoio da secretaria motivando o município a concretizar editando uma lei municipal que crie as unidades de conservação. Nós já entregamos, inclusive, uma minuta dessa lei”, destacou.

A secretária Genilde Campagnaro disse que uma cópia do relatório final para a criação das três Unidades de Conservação em Bacabeira também será entregue à Petrobras, que está desenvolvendo o projeto de uma refinaria de petróleo no município. “Nós achamos também importante que a Petrobras tenha acesso a essas informações até para que ela possa apoiar o município no que for necessário e reforçar ainda mais a importância da criação dessas unidades”, ressaltou.

Tanto a elaboração do Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental Upaon-Açu/Miritiba/Alto Preguiças, unidade de conservação que envolve 24 municípios maranhenses, entre eles, São Luís e Barreirinhas, quanto a realização de estudos para a criação das Unidades de Conservação em Bacabeira, foram deliberados pela Câmara Estadual de Compensação Ambiental (Ceca) e priorizados pela Sema.
Página 217 de 1.683« Primeira...215216217218219...Última »